Diego Maradona morre aos 60 anos

Escrito por em 25/11/2020

O mundo do futebol está de luto. O jogador Diego Armando Maradona, astro da seleção argentina de futebol nos final dos anos 70 e 80, faleceu na manhã desta quarta-feira (25), aos 60 anos. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória, de acordo com a imprensa da Argentina. 

O ex-jogador, considerado o maior nome do futebol argentino em todos os tempos, havia passado por uma cirurgia no cérebro no início do mês. De acordo com a BBC Brasil, o médico Leopoldo Luque afirmou que tratava-se de um procedimento simples, mas havia preocupação com a condição de saúde de Maradona. 

Histórico

A carreira do argentino foi marcada por um sério problema com vício em drogas, que acabou ocasionando o seu desligamento da seleção argentina em 1994. Ainda assim, é considerado um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, tendo disputado 676 jogos e marcado 345 gols em 21 anos de carreira na seleção e em clubes como o Barcelona e o Boca Juniors.

Um dos momentos mais altos de sua carreira foi em 1986, quando a seleção argentina sagrou-se bicampeã ao conquistar a Copa do Mundo no México. 

Pelas redes sociais, vários nomes do futebol se manifestaram sobre a morte do craque. Pelé escreveu: “Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda”, lamentou o Rei do Futebol.

Romário lembrou a marca única do jogador argentino escrevendo: “O argentino que conquistou o mundo com a bola nos pés, mas também por sua alegria e personalidade única”, afirmou o ex-craque da seleção brasileira. 

Neymar também lamentou a perda. “Descanse em paz! Lenda do futebol”, publicou no Twitter. 

Maradona deixa três filhas, Dalma, Giannina e Jana; e dois filhos, Diego e Diego Fernando. 

 

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



Música

No Ar

Artista

Background